Rotina de idosos requer cuidados especiais
Bem-estar físico e mental é essencial para uma terceira idade feliz. Para manter a qualidade de vida e saúde de um idoso, é necessário que a família tenha atenção a muitos aspectos. É importante estar atento a principalmente quanto a alimentação, a atividade física, o controle de medicamentos, a segurança, visitas ao médico e também a vida social.

Para manter a qualidade de vida e saúde de um idoso, é necessário que a família tenha atenção a muitos aspectos. É importante estar atento a principalmente quanto a alimentação, a atividade física, o controle de medicamentos, a segurança, visitas ao médico e também a vida social.

Por mais independente que seja o idoso, os cuidados gerais mais importantes devem ficar a cargo de outra pessoa que possa estar sempre presente, como um cuidador familiar ou profissional. Entre as tarefas mais comuns para as quais um idoso precisa de ajuda estão cuidar da higiene pessoal, fazer compras, preparar refeições, ir ao médico e lidar com as finanças pessoais, entre outras.

Confira a seguir os principais cuidados que podem tornar mais simples, saudável e segura a rotina do idoso:

Dieta e atividade física

O acompanhante ou cuidador deve prestar atenção especial à dieta do idoso, para que ele mantenha sempre um equilíbrio entre os grupos alimentares adequados e evite excessos. O cuidador ainda deve manter o idoso sempre hidratado, oferecendo uma quantidade suficiente de líquidos ao longo do dia. Para ajudar a manter o bem-estar, o ideal ainda é que seja estimulada a adoção de uma atividade física simples, como caminhada ou hidroginástica.

Medicação em dia

Se o idoso faz uso de medicamentos, é sempre importante estar atento aos horários e doses diárias para evitar o agravamento de doenças. O uso de uma caixa organizadora é altamente recomendável nesses casos, pois auxilia tanto o cuidador quanto o idoso a manter a medicação em dia.

Segurança no ambiente

Quando se fala em segurança para os idosos, a indicação é tornar o ambiente de casa tão seguro quanto for possível, da mesma forma que seria feito para uma criança. Entre os elementos necessários estão: corrimãos em todas as escadas, rampas de acesso se necessário, boa iluminação, uso de tapetes antiderrapantes, apenas para citar alguns exemplos.

Consultas regulares ao Geriatra

A avaliação do geriatra integra diversos aspectos que interferem diretamente na vida do idoso. Isso porque, essa especialidade da medicina estuda o idoso e o processo de envelhecimento. Sendo assim, ele avalia diversos aspectos, entre eles: clínico, cognitivo, afetivo, ambiental, social, econômico, espiritual e funcional. O objetivo é identificar problemas já existentes e estabelecer o melhor tratamento para o paciente, bem como uma estratégia para prevenção de complicações futuras.

Circulo afetivo

Por fim, estimular o contato com a família e amigos. Além da prática de uma atividade artística ou hobby para passar o tempo. Estas ações oferecem bons resultado e incentivam os idosos a cuidarem de si mesmos e buscarem uma vida plena e feliz.

Fonte: quemcuida.com.br